14 de novembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
14/06/19 às 15h04 - Atualizado em 19/06/19 às 9h38

Bacias de escoamento de água das chuvas são construídas em Vicente Pires

Vicente Pires está recebendo novos projetos de escoamento de água. Ao todo, são 22 obras que tentam diminuir os estragos provocados na cidade durante as chuvas. As chamadas lagoas de captação estão sendo espalhadas pela região, com destaque para a intervenção da Rua 4, a maior, com 11,5 mil metros quadrados de extensão, profundidade de 3,5 metros e capacidade de armazenamento de até 33 milhões de metros cúbicos.

Segundo o Governo do Distrito Federal (GDF), as obras devem ser concluídas em 31 de julho, pois estão em ritmo acelerado para aproveitar o período de estiagem. “Estamos executando um projeto para dar mais escoamento à água das chuvas que antes não tinham acolhimento nem direcionamento. Isso dará muito mais segurança aos moradores”, explicou Haroldo Alexandre Miziara, engenheiro responsável pela construção.

As lagoas de captação tentam diminuir um problema constante dos habitantes de Vicente Pires. Como a cidade está em um declive de 120 metros desde Taguatinga até a região do Jóquei, muitas ruas recebem uma água forte que vai descendo pela região e levando lama, lixos e pedras pelo caminho.

A bacia vai captar dois terços das águas das chuvas que descem pela Rua 4 e por metade da Rua 6. Ao todo, são mais de 2,4 quilômetros de galerias subterrâneas. Toda a água captada das ruas deságua nos córregos.

 

Com informações da Agência Brasília. 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros